sábado, 4 de julho de 2015

DANÇA - 8º ANO

ELEMENTOS DA DANÇA




Aqui estão os quatro fatores de movimento identificados por Rudolf Laban:



  • Fluência: é livre (fluente, continuada, expandida), quando o movimento não pode parar, dando a sensação de fluidez, ou controlada (contida, cortada, limitada), quando o movimento pode ser interrompido a qualquer momento, dando a sensação de movimento de pausa;


  • Espaço: É onde o dançarino está atuando e criando um lugar que lhe pertence. Existem o espaço imaginário e o espaço como limite da ação. O uso do espaço pode se dar de duas formas, conforme a qualidade do movimento: a forma direta, quando  o movimento mantém uma trajetória, tem uma atenção direta no espaço e emprega movimentos retos e lineares; e a forma flexível, quando o movimento é definido como arredondado, ondulante, plástico, indireto.



Além disso, são usadas várias partes do corpo, indo a diferentes lugares (espaço tridimensional) ao mesmo tempo. O espaço informa ao dançarino a trajetória da ação no ar, e verificam-se, ainda, três níveis de movimento:

  • o baixo (que vai do deitar ao engatinhar);
  • o médio (que vai do engatinhar e sentar ao ficar de pé);
  • e o alto (que vai da ponta dos pés aos saltos em altura;




Peso: auxilia na conquista da verticalidade, na assertividade. O peso informa o quê do movimento e pode demonstrar um aspecto mais físico da personalidade de quem realiza esse movimento;


  • Tempo: Indica o ritmo das ações e apresenta os acontecimentos um após o outro; pode ser sustentado (lento) ou súbito (rápido). Se a ação durar pouco tempo, o movimento será rápido.









Nenhum comentário:

Postar um comentário